domingo, 11 de novembro de 2007

Um bom vendedor pode ser um bom supervisor?

Este é um dos temas de gestão de equipes de venda mais antigos que eu conheço.

Esistem exemplos fartos tanto para justificar que sim, quanto para justificar que não. Este artigo fala um pouco sobre o tema.

Pessoalmente eu acho que cada caso é um caso e que o fundamental nesta transição de vendedor para supervisor ou gerente é a correta avaliação de potencial (e para isso a vivência profissional, apoiada em bons testes psicológicos ajudam na tomada da decisão correta).

Você vivenciou ou conhece algum caso onde esta transição foi bem ou mal sucedida?

Nenhum comentário: