terça-feira, 13 de novembro de 2007

E o varejo segue crescendo...

Tudo está indicando que o Natal 2007 será daqueles inesquecíveis.

O Indicador Serasa de Atividade do Comércio mostra um crescimento de 9,6% no acumulado de janeiro a outubro de 2007, na comparação com o mesmo período de 2006 (mais aqui), impulsionado pelo varejo especializado.

Quando eu estive no Chile, estranhei muito o varejo de lá, principalmente porque o perfil em Santiago é de lojas de departamento (como a Sears era aqui no Brasil). No Brasil, o fenômeno é exatamente o oposto - por exemplo, se eu quero comprar material para a casa vou a Tok Stok, se quero comprar eletrônicos vou à Casas Bahia e se quero comprar roupas vou à C&A. Neste cenário, o grande agregador de vários tipos de grandes lojas diferentes são os shoppings.

Como o varejo está crescendo (este ano podemos ter taxas de crescimento de dois dígitos!), novos projetos de shopping não param de ser anunciados. A pergunta que eu deixo aqui é: este crescimento é sustentável? A concorrência no varejo vai aumentar cada vez mais, então o que deve ser feito para diferenciação?

Nenhum comentário: