segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

A grande menina vendedora

"Um dia, tentando convencer um comerciante local a comprar seus produtos diante de uma negativa inicial, Robervânia argumentou: "Se o senhor soubesse o carinho com que minha mãe prepara esses doces, compraria um". E mais uma venda se concretizou. Mas o comerciante ficou assombrado com o empreendedorismo da garota, e perguntou o motivo de ela sair às ruas vendendo doces. "Porque eu adoro vendas", ela disse."

Clique aqui, para conhecer um pouco mais da história da Robervânia, grande vendedora de apenas 10 anos de  idade.

E pense bem antes de reclamar da meta do mês, do cliente que não aceita a sua argumentação, do produto que não é o ideal...

Nenhum comentário: