terça-feira, 15 de janeiro de 2008

Pequeno varejo paulista fatura menos em 2007

Mais aqui.

É paradoxal ver que o varejo, que teve um ano excepcional em 2007, tenha sido ruim para o pequeno varejista. Acho que a reportagem aponta questões importantes que explicam esta queda, mas não fala que:

  1. Em 2007 o estado de São Paulo registrou um número recorde de abertura de Shopping Centers;
  2. Que os setores com maiores quedas nas vendas (à exceção de autopeças) passaram por forte consolidação (é só ver a taxa de abertura de lojas que vendem produtos eletro-eletrônicos por exemplo)
  3. O pequeno varejo não investe no principal fator de fidelidade de cliente e rentabilidade de venda: treinamento para melhoria do atendimento dos vendedores

Tenho certeza que existem muitos varejistas locais que tiveram um bom 2007, mas a maioria com certeza sofreu bastante. A notícia boa no meio disso tudo? Os pequenos varejistas vão melhorar muito para continuar no mercado.

Nenhum comentário: