terça-feira, 14 de abril de 2009

A diferença da crise nos Estados Unidos e no Brasil

"No final de semana, a rede de vestuário norte-americana Banana Republic ofereceu 60% de desconto para centenas de itens em suas lojas em relação ao preço marcado nas etiquetas. Se o cliente comprasse mais de US$ 100 (R$ 220) em produtos da loja, outros 20% em descontos seriam acrescentados à conta.

Há um mês, a Banana Republic oferecia desconto de 40%. Há duas semanas, de 50%. Agora, de 60% mais 20% para as compras acima de US$ 100. As promoções são anunciadas em cartazes no meio da calçada e por funcionários distribuindo panfletos aos passantes."

Para saber mais a respeito da crise nos Estados Unidos, clique aqui para ler a coluna do Fernando Canzian na Folha Online.

Para reaquecer as vendas de automóveis no Brasil, bastou dar desconto no IPI. É esta a principal diferença da crise nos EUA e aqui: lá, sem dinheiro o consumidor não compra. Aqui, sem dinheiro, o consumidor dá um jeito para continuar comprando.

Nenhum comentário: