quinta-feira, 23 de abril de 2009

Cartão de crédito é a mesma coisa que pagamento à vista?

"A Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs) informa que a taxa de serviço das operadoras de cartão não pode ser motivo para o comerciante praticar diferenciação de preços, já que para colocar à disposição essa forma de pagamento o próprio estabelecimento assinou compromisso com a administradora de que irá cobrar o mesmo preço do pagamento à vista para uso do cartão.

'Venda no cartão é à vista, pois há quitação do valor e do compromisso do consumidor com o lojista', afirma Anastácio Ramos, vice-presidente da Abecs."

Mais aqui, na coluna Advogado de Defesa do Jornal da Tarde.

Ou seja, na briga entre varejistas e operadoras de cartão de crédito quem está pagando o pato é o consumidor.

Será que, do ponto de vista de relacionamento com o cliente, esta é a melhor atitude a tomar? Para mim, com certeza não. O consumidor não quer saber dos problemas operacionais do varejista.

A melhor estratégia sempre é premiar o cliente que traz mais rentabilidade, nunca punir o clinete de forma nenhuma. Eu faria uma promoção na linha "Nos pagamentos em dinheiro ganhe..."

Nenhum comentário: