quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Vendas da Electrolux no Brasil aumentam 17% em 2007

Mais aqui.

Para os fabricantes da linha branca e marrom, a situação atual no Brasil não poderia ser melhor - o consumidor brasileiro (e dos mercados emergentes em geral) quer muito torcar os itens da casa. Eu, se fosse da Electrolux, tratava de investir no mercado dos países em desenvolvimento ao invés de ir para um mercado maduro, com custo de competição altíssimo.

Nenhum comentário: