segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Trademarketing inadequado gera multa no PROCON

"Fiscalização realizada pela Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-SP) em 370 estabelecimentos do comércio varejista da capital, entre 22 e 28 de julho, encontrou diversas irregularidades e serve de alerta para o consumidor que pretende comprar presente para o Dia dos Pais.

(...) A falta ou a inadequação sobre o preço dos produtos à venda foi a principal infração. Foram 97 irregularidades constatadas ou 90% do total. “Os números são positivos e não surpreendem. Mostram os efeitos da fiscalização para coibir os abusos”, diz Nahas.

Segundo ele, 59% dos problemas com os preços são referentes à ausência total do valor do produto exposto na vitrine. Na sequência (15%) aparece a falta de informações ostensivas, ou seja, que facilitam a percepção e que não exigem esforço. Outros 6% se referem aos preços a prazo. Esses itens devem estar na mesma dimensão na vitrine."

Mais aqui, na reportagem da seção Advogado de Defesa do Jornal da Tarde.

Para mim o mais impressionante nesta reportagem é ver que o Procon autuou lojas em itens cujo cumprimento estão no maior interesse do lojista. Deixar claro o preço dos produtos e as condições de pagamento é básico... E para quem acha que se fizer isso vai afugentar clientes da loja, lembro que

  1. O preço na vitirine não espanta cliente, espanta quem tem algum interesse potencial no que está exposto;
  2. Se o melhor motivo para o cliente entrar na sua loja é o preço, então é melhor rever a sua estratégia e encontrar um benefício claro que gere interesse do cliente entrar na sua loja...

2 comentários:

Arte da Tribo Produções disse...

Vale lembrar que esta prática é muito usual nas lojas do CompreBem e Econ... infelizmente o chamado Serviço de Atendimento ao Cliente destes supermercados é péssimo e nem sequer se dispõe a responder ao cliente quando acionado!

Procon neles!!!!

Emerson Oliveira disse...

O pior é que este tipo de ação é um tiro no pé do próprio varejista...

Afasta o consumidor e torna a experiência de compra muito ruim!