segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Quer vender mais? Não esqueça do influenciador!

"A maior parte desses gastos acontece em função da vaidade: 23% das despesas são com roupas. Depois vêm pagamentos com educação, que representam 19%, transporte, 12% e alimentação fora de casa, outros 12%. Aliás, para os jovens, comer fora de casa é sinônimo de comer mal. O estudo mostrou que 56% costumam se alimentar a base de salgados, lanches e sanduíches. E 52% compram balas, sorvetes, biscoitos, pipoca e outras guloseimas do tipo"

Leia o post completo aqui, no Blog do Marinho.

Todo bom vendedor sabe que para convencer o decisor é preciso ganhar o influenciador. Neste caso que o Marinho apresenta, são os adolescentes. Em uma empresa, se você vende através do departamento de compras não pode esquecer da área requisitante do serviço. Uma boa maneira de identificar o influenciador é, durante a apresentação de vendas, perguntar quem mais pode ter interesse no material que você leva.

A grande pergunta que fica é: no seu ciclo de vendas, como você identifica e ganha os influenciadores? Os seus vendedores são treinados para isso ou é algo que acontece "espontâneamente"?

Nenhum comentário: