segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Analisando as Olimpíadas de 2016 como um caso de vendas

Ainda no calor da alegria de ver o Rio de Janeiro eleito como sede dos Jogos Olímpicos de 2016, vale a pena fazer uma análise de como esta venda foi fechada para o COI (Comitê Olímpico Internacional):

  • Meta: a meta era clara para todos os envolvidos
  • Persistência: Esta é a terceira vez que o Rio se candidatou para sediar os Jogos Olímpicos. Resumindo, o Rio não parou no primeiro não.
  • Argumentação: Na minha opinião, a grande estratégia deste case. O Rio não se posicionou "pedindo" votos, mas pedindo uma chance de mostrar que a América do Sul poderia reeceber os jogos. O presidente Lula em seus discurso disse claramente que "das 10 maiores economias do mundo, apenas o Brasil nunca tinha sediado os jogos e que era hora de corrigir este desquilíbrio". Outra frase que mostra esse posicionamento é "nos dêem a chance de organizar os jogos".
  • Identificação de Decisores: com a experiência das outras candidaturas, o Rio aprendeu a montar a proposta correta para os decisores das sedes olímpicas. Desta forma, foi feito um trabalho de convencimento dos decisores desde o momento que o Rio foi definido como uma das cidades finalistas.

A reflexão que vale a pena ser feita é a seguinte: você e a sua equipe comercial estão trabalhando bem estes itens para trazer mais vendas?

Nenhum comentário: